Sign in to follow this  
Gabi Woodstock

[Interview] Portal Tibia entrevista Stephan Payer!

18 posts in this topic

For english version, click here!

 

 

Neste ano, a equipe do Portal Tibia entrevistou Stephan Payer, chefe da equipe financeira e um dos criadores do Tibia! Nesta entrevista ele fala um pouco sobre a vida real, seus trabalhos e projetos.

 

Boa leitura!

 


 

Stephan-Payer2.pngPortal Tibia: Hauopa Stephan, obrigado por abrir um espaço na sua agenda para o Portal Tibia e os fãs brasileiros. A comunidade Tibiana se refere a você como um dos deuses do Tibia, um "god". Você se vê assim? Aproveitando a história tibiana, com qual dos deuses anciãos você mais se identifica? Por quê?

 

Stephan Payer: Se com o termo “God” vocês se referem aos criadores do Tibia, então sim, eu sou um deles. Mas, se com “God” você quer dizer que eu sou “onisciente”, então não, porque no início, nenhum de nós prevíamos que o Tibia se tornaria tão grande!

 

Na época em que tudo começou, como eu era o principal responsável pela implementação dos servidores do Tibia, o deus tibiano que eu mais me identificaria provavelmente seria Uman, pois ele era fascinado pelas coerências complexas e sempre queria entender todos os detalhes.

 

 

Portal Tibia: Acreditamos que esta é a primeira entrevista realizada com você por um fansite. Toda a comunidade tibiana, em especial a brasileira, está muito curiosa a seu respeito. Afinal, quem é Stephan Payer? Compartilhe conosco algumas informações pessoais como nome, idade e também hobbies, interesses além dos jogos e, porque não, alguma mania.

 

Stephan Payer: Eu tenho 38 anos, sou casado e pai de três filhos. Sempre que encontro tempo, gosto de ler, fazer caminhadas, andar de bicicleta ou esquiar.

 

 

Portal Tibia: Atualmente você ainda joga Tibia? O que mais o diverte? Qual seu tipo de mundo, vocação, local de caça e cidade favoritos?

 

Stephan Payer: Antes do nascimento dos meus filhos, eu jogava Tibia regularmente em um servidor Open PvP, na época chamado de "PvP normal". Eu era um sorcerer e costumava viver em Darashia.

 

 

Portal Tibia: No artigo publicado em agosto de 2014 você menciona possuir uma memória especial que em relação aos primórdios Tibianos é a de um encontro com jogadores e fãs e, com a proximidade com a comunidade, perceberam o quanto as pessoas gostam do jogo e se interessavam em ajudar. Você comenta que essa experiência foi um incentivo para continuar o projeto. Contudo, hoje em dia, muitos jogadores se queixam do distanciamento da empresa em relação aos jogadores. Na sua opinião, estas queixas possuem fundamentos? Mudou algo na política da empresa nesse sentido?

 

Stephan Payer: Claro que seria bom ter contato pessoal com os jogadores. Contudo, a comunidade cresceu muito e a maioria dos nossos jogadores não são da Alemanha. Assim, encontros pessoais seriam realmente difíceis.

 

 

Portal Tibia: Em termos de sonhos, projetos, ideais, o que mudou no Stephan da época do "Strike" (1995) para cá? Você vê o Tibia como trabalho, jogo ou uma atividade para se divertir, passar o tempo?

 

Stephan Payer: Eu continuo gostando muito de trabalhar com o Tibia e com a CipSoft. Tenho muita sorte e sou muito grato por poder ganhar a vida com esse maravilhoso trabalho. Me arrependo um pouco de não estar tão ligado a programação quanto eu costumava estar. No entanto, por outro lado, minhas tarefas gerenciais são muito diversificadas e, portanto, isso também é bem interessante.

 

 

Portal Tibia: Em 2013, houve um reestruturamento interno na CipSoft, onde você deixou o cargo de diretor. Você pode nos contar o que o levou a deixar este cargo? Algum arrependimento? Atualmente, quais são suas obrigações e rotinas dentro da CipSoft?

Stephan Payer: Na época, nós quatro notamos que seriam suficientes dois gerentes liderando a empresa, tendo em vista que as decisões seriam tomadas de forma mais rápida. Como eu realmente gosto de trabalhar com desenvolvimento, decidi sair da direção para desenvolver um sistema de pagamento para a CipSoft, assim, nossos jogadores poderiam pagar pelo serviço da forma que melhor lhes conviessem.


Além de ser o responsável pelo sistema de pagamento, também estão sobre minha responsabilidade todo departamento financeiro, atividades referentes aos setores de departamento pessoal e administrativo da CipSoft.

 

 

Portal Tibia: Alguma vez imaginou que o Tibia se tornaria um projeto tão grandioso e duradouro? O que mais o surpreendeu na trajetória? Na sua área de atuação, quais os desafios atuais para a continuidade do jogo? O que o motiva a superá-las?

Stephan Payer: Naquela época, não poderíamos imaginar que o Tibia existiria por tantos anos e que haveriam tantos fãs leais e entusiastas. Temos orgulho do Tibia ter se tornado um dos mais antigos jogos de RPG online do mundo que ainda está em atividade.

Eu realmente me surpreendi com o fato do Tibia ter crescido praticamente sozinho, apenas através do boca a boca. Por isso, somos todos realmente muito gratos aos fansites que nos ajudam nisso e apreciamos em especial o trabalho dos administradores dos fansites e todos aqueles que contribuem muito, como por exemplo, os jogadores que gostam de compartilhar informações e que as disponibilizam publicamente em vários idiomas, disseminando as notícias e facilitando para que outros também joguem.

 

Em relação aos desafios para a continuidade do jogo, receio que eu não seja o entrevistado mais indicado para responder sobre isso, uma vez que eu não estou mais envolvido diretamente no planejamento do Tibia. Esta não é minha área de trabalho e o planejamento é realizado por outra equipe. Então eles seriam mais indicados para falar a respeito dos desafios e das motivações que tem para superá-los.

 

Portal Tibia: Depois de mais de 15 anos de existência, o Tibia continua com uma comunidade bastante ativa, mas muito diferente da comunidade que iniciou a trajetória do jogo. O que você prevê para o futuro do Tibia? Você acredita que ele ainda pode ser um jogo bastante competitivo no mercado de games, que cresce cada dia mais?

Stephan Payer: Como a comunidade é constituída por pessoas que jogam Tibia há 5-10 anos, ela não muda tão rapidamente. É claro que existem novos jogadores, bem como, existem também jogadores antigos que param de jogar, porém, temos a sorte do Tibia ter uma base forte e esperamos que continue assim.

Está se tornando cada vez mais difícil divulgar o Tibia e atrair novos jogadores, uma vez que, tanto o mercado de jogos na internet, como o das App Stores, tornaram-se muito amplos e grandes.

 

 

Portal Tibia: Em 2012, enquanto ainda diretor da CipSoft, você proferiu palestras sobre The Dark Side of Online Games, abordando as temáticas segurança e trapaças, uma delas, inclusive, na Game Developers Conference Europe - Cologne, Germany. Posteriormente, em 2013 e, agora, em 2015, o Tibia sofreu com muitos ataques e a grande quantidade de cheaters no jogo é uma queixa constante. Na sua opinião, o que mudou de 2012 para cá? Há investimentos para melhorar estas questões? Pode nos adiantar algo?

Stephan Payer: Uau, estou impressionado com a pesquisa que fizeram para esta entrevista! Infelizmente, o tema que apresentei naquela época ainda tem relevância hoje. A luta permanente contra os cheaters e as pessoas que realizam ataques DDoS é importante.

Atualmente temos meios automáticos para detectar bots e puni-los. Contudo, a situação está longe de ser a ideal, por isso vamos continuar trabalhando em medidas e processos para melhorá-la ainda mais. Temos também adotado medidas técnicas preventivas nos locais que enfrentam as maiorias dos ataques, e claro, temos que constantemente nos mantermos atualizados. Em ambos os casos, é como uma corrida armamentista.

 

 

Portal Tibia: A comunidade especula que muito da permissividade da CipSoft em relação aos cheaters deve-se a fatores financeiros. Como esse tipo de usuário representa um percentual considerável de consumidores de serviços pagos, como premium time não seria interessante um combate mais efetivo dessa pratica. Essas especulações possuem fundamentos? Realmente a exclusão destas contas causaria um impacto considerável nos rendimentos? Pode nos passar alguns números/ dados que reforçam seu ponto de vista?

Stephan Payer: Apesar dessa não ser minha área de trabalho, é claro que sabemos que há muitas especulações por ai a cerca do que fazemos. Por mais difícil que seja, mantemos uma política interna firme para não compartilharmos nenhuma informação a respeito do nossos processos relativos a botters e não revelar nenhuma informação a esse respeito, nem mesmo ao responder perguntas que pareçam inofensivas.Tenho receio de que esta seja uma típica pergunta para responder: sem comentários. O melhor para nós é que estas questões permaneçam mais misteriosas e menos previsíveis possíveis para quem analisa de fora.

 

 

Portal Tibia: No balanço divulgado recentemente, notamos que o faturamento da CipSoft voltou a subir em 2014 após ligeira queda em 2013. A comunidade especula que esta recuperação foi devida a venda de outfits e montarias. Isso é real? Sendo o Tibia o carro chefe da empresa, em que áreas estes recursos estão sendo investidos? Que melhorias podemos esperar?

Stephan Payer: De fato, parte do crescimento do nosso faturamento está relacionado com as vendas de outfits e montarias. Contudo, o aumento dos preços teve um impacto financeiro muito maior no faturamento, devido ao ajuste inflacionário ocorrido no segundo trimestre de 2014. Notem porém, que este foi o primeiro aumento de preços após 9 anos mantendo-os fixos.

É claro que muitos de nossos funcionários ainda estão trabalhando no Tibia e estão implementando novas áreas e funcionalidades, como por exemplo, os recentes lançamentos: Tibia Coins e Store. Então é no Tíbia que investimos a maior parte do dinheiro. Mas, por exemplo, também temos equipes trabalhando em conceitos para novos jogos.

Portal Tibia: Em 2014, com a implementação do novo sistema de pagamento, o Brasil deixou de ter revendedores oficiais e os brasileiros que faziam compras diretamente no site ou por meio de pagamentos internacionais, ficaram sujeitos ao monopólio de uma única empresa, o que gerou uma repercussão negativa na comunidade. Por que no Brasil decidiram pela centralização das transações e uma única empresa, sendo que há empresas brasileiras que atuam como revendedores oficiais em outros países da América do Sul? Realmente não teremos mais na listagem do site oficial revendedores oficiais no Brasil? Sendo os brasileiros o maior percentual de jogadores, sustentar esse monopólio não é uma medida arriscada?

 

Stephan Payer: Recentemente realizamos um feedback sobre nosso parceiro brasileiro.Tanto os comentários negativos quanto os positivos recebidos foram processados. Nosso parceiro brasileiro oferece todos os métodos de pagamento regulares disponíveis no Brasil e também, oferece suporte de faturamento em português.

 

No entanto, ele na verdade não é mais um revendedor e sim um provedor de pagamento, sem nenhuma influência nos preços. Então, todos os nossos clientes brasileiros passaram a pagar um preço regular, eles simplesmente são convertidos conforme a taxa de câmbio do dia da negociação. Desta forma, os métodos de pagamento para os clientes brasileiros são muito mais fáceis, transparentes e convenientes.

Portal Tibia: Muitos dos jogadores de Tibia também jogam outros jogos e é comum comparem os custos, não só para manter o status premium, como também para adquirir itens cosméticos. Nesta comparação, o Tibia é classificado como um jogo caro, dados tanto aos recursos que oferece quanto a parte gráfica e sprites. Qual sua opinião sobre esse tipo de comentário? Realmente, pelas características do jogo, os preços se tornam pouco atrativos?

 

Stephan Payer: Bem, a diversão de um jogo não é definida por gráficos opulentos ou mesmo efeitos sensacionais, mas sim pelo seu conteúdo e sua comunidade, os nossos jogadores gostam disso. Comparado à outros jogos baseados em assinaturas, o Tibia ainda possui preços razoáveis.

Portal Tibia: Com cerca de 3 meses desde a implementação dos Tibias Coins e da Store, já é possível divulgar um balanço, ainda que parcial, sobre o impacto desta nova moeda? Considera que a mudança foi necessária? Por quê?

 

Stephan Payer: Eu receio que não posso lhes oferecer nenhum número concreto ou relatório de balanço.

 

Porém, grosseiramente, deixe-me explicar o motivo de termos implementamos os Tibia Coins. Uma moeda virtual é muito mais conveniente para o jogador, porque apenas uma única transação com dinheiro real precisa ser realizada. E depois dela, você pode comprar vários produtos virtuais diferentes, sem precisar fazer outras transações com dinheiro real para cada coisa que você quiser comprar.

 

Além disso, com esta opção de comércio, os jogadores que antes não tinham a possibilidade de comprar algum bem virtual devido a falta de métodos de pagamento ou por não desejarem gastar dinheiro real, agora passaram a ter possibilidade de também adquirir os produtos desejados ingame, por meio da Store.

 

Portal Tibia: A entrada do Tibia na Steam é algo muito aguardado e especulado. As mudanças no sistema de pagamento e produtos oferecidos foi idealizada para se adequar a exigências deles? Você considera que o novo sistema e produtos são formas eficazes para atrair e fidelizar novos jogadores? Existe planos para implementar promoções, comuns na steam, voltadas para produtos do Tibia?

 

Stephan Payer: Nosso sistema de pagamento realmente facilita a oferta do Tibia na Steam. Mas, antes que a integração da Steam seja possível, além do sistema de pagamento, existem outras tarefas críticas (como por exemplo os vários ajustes no client, que é um projeto à longo prazo, pois demanda muito tempo). Esperamos que este seja um meio para atrair novos jogadores para o Tibia. Contudo, no momento, não existem planos para realizar qualquer mudança em nosso canal de vendas através de nosso website.

 

Portal Tibia: Muito obrigado por dividir conosco um pouco do seu tempo! O que podemos esperar do Tibia para 2016? Alguma mensagem para os jogadores brasileiros, em especial, os que acompanham o Portal Tibia?

Stephan-Payer1.pngStephan Payer: Nosso planejamento interno para 2016 ainda não está completo, então não posso dar nenhum detalhe. Claro que continuaremos trabalhando duro para melhorar o Tibia e mantê-lo atrativo para nossos jogadores e faremos o nosso melhor.

Como de costume, informações sobre coisas novas e futuras mudanças serão anunciadas pelo site oficial do Tibia, então tenham certeza de checar frequentemente a sessão de notícias!

Obrigado a todos por acompanharem, divirtam-se e Hauopa! :-)


Esperamos que você tenha gostado da entrevista tanto quanto nós gostamos de realizá-la!

  • Gostei 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

This year, Portal Tibia Team interviewed Stephan Payer, head of the finalcial staff and one of Tibia's creators! In this interview he talks a bit about real life, his works and projects!

Have a nice reading!


 

Stephan-Payer2.pngPortal Tibia: Hauopa Stephan, thanks for spending your time with Portal Tibia and the Brazilian fans. The Tibian community refers to you as one of the Tibian gods. Do you see yourself like that? Speaking in Tibia history, with which ancient god do you identify more? Why?

 

Stephan Payer: If you refer to the creators of Tibia with the term "God", then yes, I am one of them. If you rather mean "God" as "being omniscient", then no, because in the beginning, none of us had anticipated that Tibia would ever become so big! As I was mainly responsible for implementing the Tibia servers back then when it all started, the Tibian god I would identify most with is probably Uman, who was fascinated by complex coherences and always wanted to really understand every detail.

 

 

Portal Tibia: We believe that this is your first interview for a fansite. All the Tibian community, especially the Brazilian one, is very curious about you. After all, who is Stephan Payer? Share some informations with us, like name, age and also hobbies, interests beyond games and, why not, a mania.

 

Stephan Payer: I am 38 years old, married, and a father of three children. Whenever I find the time, I like to read, go hiking, biking or skiing.

 

 

Portal Tibia: Do you play Tibia nowadays? What gives you more fun? Which are your favorite world type, vocation, hunting place and city?

 

Stephan Payer: Before my children were born, I played Tibia regularly, on an open PvP world, back then just called normal PvP. I was a sorcerer and used to live in Darashia.

 

 

Portal Tibia: In the article published on August last year, you mentioned to have a special memory from the first Tibian days, that was a meeting with players and fans and, with the proximity to the community, you noticed how much people liked the game and were interested in helping. You commented that this experience was a incentive to continue the project. However, today, many people complain about the distance between the company and the players. In your view, are these complains well founded? Has something changed in the company politics in that direction?

 

Stephan Payer: Of course it would be nice to still have personal contacts with our players, however, the community has grown so much, and most of our players do not come from Germany, so personal meetings would be really difficult.

 

 

Portal Tibia: In terms of dreams, projects, ideals, what has changed since the Stephan of the time of "Strike" (1995)? Do you see Tibia like a work, a game or an activity to have fun, spend your time?

 

Stephan Payer: I still enjoy working for Tibia and in CipSoft very much. I feel lucky and grateful to be able to make a living of this wonderful work. I regret a bit that I am not programming as much as I used to, however, on the other hand, my management tasks are very diversified and thus, really interesting, too.

 

 

Portal Tibia: In 2013 there was an internal restructuration on CipSoft, when you and Guido left the Director position. Can you tell more about what made you left your position? Any regrets? What are your currently obligations and routines inside CipSoft?

 

Stephan Payer: The four of us had noticed back then that it would actually be enough to have two managing directors to lead the company. Decisions would be made much faster that way. Since I really enjoy development work, I decided to step down, and to develop the payment system for CipSoft, so that our players can pay with methods that are convenient for them to use. Apart from the development of the payment system, I am also responsible for all fincances, all personnel matters and the administration of CipSoft.

 

 

Portal Tibia: Have you ever thought that Tibia would become a so big and lasting project? What has surprised you the most in this trajectory? In your acting area, what are the biggest challenges in maintaining the continuity of the game? What inspires you to overcome them?

 

Stephan Payer: We would have never believed back then that Tibia would exist so many years and would have so many loyal and enthusiastic fans. We are proud that Tibia has become one of the oldest - and still existing – online roleplaying games of the world.

 

I was really surprised by the fact that Tibia has grown practically on its own, merely through word-of-mouth. We all are really grateful for the fansites who have helped a lot on the way and we appreciate the work of the fansite admins and everybody who contributes very much. Players who like to share information and who make this information available publicly, in different languages, for example, spread the news, and they facilitate playing Tibia for others.

 

Concerning challenges maintaining the continuity of the game, I fear that I am not the right interview partner, since I'm not involved in the planning processes for Tibia any more. It is not my field of work, and the planning is done by the Tibia team. They would be suited much better to talk about the challenges and their motivation to overcome the difficulties.

 

 

Portal Tibia: After more than 15 years of existence, Tibia still has a very active community, but it's very different from the community that started the game trajectory. What do you predict for Tibia's future? Do you believe that it still can be very competitive in the game market, that grows more and more each day?

 

Stephan Payer: Since the community consists of players who have been playing Tibia for 5 or even 10 years, the community does not change very quickly. Of course there are new players, too, and older players stop playing as well, but Tibia has the luck to have a strong basis and we hope that it will remain like this for a long time to come.

 

It is getting more and more difficult to draw attention to Tibia and to attract new players, since the games market on the internet as well as in App Stores has become vast and very big.

 

 

Portal Tibia: In 2012, while you still were director of CipSoft, you made some lectures about "The Dark Side of Online Games", regarding questions about security and cheating. One of them was even presented on the Game Developers Conference Europe - Cologne - Germany. After that, in 2013, and now, in 2015, Tibia has suffered many attacks and the big amount of cheaters in the game is a constant complain. In your opinion, what has changed since 2012? Are there any investments to improve these points? Can you anticipate something for us?

 

Stephan Payer: Wow, I'm impressed by your research for this interview! Unfortunately, the topic of my presentation back then is still relevant today. The fight against cheaters and people who perform DDoS attacks is an ongoing matter.

Today, we have possibilities to detect bots automatically and to punish them. The situation is still far from satisfying, so we'll continue to work on our measures and processes in order to improve them further.

 

We also have technical counter measures against DDoS attacks in place that already deal with many attacks. But of course also here we constantly have to upgrade. In both cases it is like an arms race.

 

 

Portal Tibia: The community speculated a lot about the permittivity that CipSoft gives in relation to cheaters are due to financial factors. As this type of user represents a considerable percentage of consumers of paid services, like premium time, it would not be interesting to have a more effective combat against this practice. Do these speculations have basis? The deletion of these accounts would have a big impact on incomes? Can you give us a few numbers/data that reinforce your point of view?

Stephan Payer: Apart from this not being my field of work, we do of course all know that there are many speculations out there. As hard as it is, it is a firm internal policy not to share any information about our processes concerning botters and not to reveal any information, not even when answering questions that seem harmless. This would be a typical – no comment – question, I'm afraid.

 

The more mysterious and the less predictable this situation seems on the outside, the better it is for us.

 

 

Portal Tibia: In the annual balance released recently, we can note that CipSofts earning rose again in 2014 after a slight decline in 2013. The community speculated that this recovery was due to the sale of outfits and mounts. Is this real? Being Tibia the main CipSofts product, in which areas are these resources being invested? Which improvements can we expect?

Stephan Payer: In part the growth of our turnover is indeed related to the sales of outfits and mounts. The raise of the prices had a much bigger impact, though. By that I mean the inflationary adjustment in the second quarter of 2014. That was the first increase in prices we had made after 9 years of keeping prices stable.

 

Many of our employees are still working on Tibia, of course, and are adding new areas or implementing new features, just as the recently introduced Tibia Coins and the ingame Store, for example. So Tibia is where we invest most of the money. We also have a team though that is working on concepts for new games, for example.

 

 

Portal Tibia: In 2014, with the implementation of the new payment system, there were no official resellers in Brazil and Brazilians that made purchases directly on the site or by international payments were subject to the monopoly of a single company which generated a negative impact in the community. Why, in Brazil, you decided about this centralization of transactions on a single company, whereas there are Brazilian companies that act as oficial resellers in other countries in South America? Won't we have official resellers in Brazil anymore? As Brazilians represent the highest percentage of players, isn't supporting this monopoly a risky move?

Stephan Payer: We have collected feedback about our Brazilian partner in the recent past. Both negative and positive comments we have received have been processed. Our Brasilian partner offers all regular payment methods available in Brazil, and they offer billing support in Portuguese. However, they are indeed not reseller any longer, but a payment provider without any influence on the prices. So all of our Brazilian customers pay our regular prices now, they are simply converted into the local currency according to the day's current exchange rate. That way, payment matters in Brazil for customers are now easier, more transparent and more convenient.

 

 

Portal Tibia: Many of the Tibia players play other games too and its common that they compare the costs, not only to keep the premium status, but also to purchase cosmetic items. In this comparation, Tibia is classified as an expensive game, given both to the features it offers as the graphics and sprites part. What do you think about this kind of comment? Really, by the gamess characteristics, have the prices become a bit unattractive?

 

Stephan Payer: Well, the fun in a game is not defined by opulent graphics and sensational effects, but by content and the community. Our players like that. Compared to other subscription-based games, Tibia is still reasonably priced.

 

 

Portal Tibia: With nearly three months since the implementation of Tibia Coins and the Store, is it possible to release a balance sheet, even partially, on the impact of this new currency? Do you consider that this change was necessary? Why?

Stephan Payer: I'm afraid, I cannot offer you any concrete numbers or a balance sheet. However, let me explain roughly why we implemented Tibia Coins. A virtual currency is a lot more convenient for the player, because there is only one real money transaction you need to initiate, and then you can buy several virtual goods without the need of a further real money transaction for every single thing you want to buy. Also, with the trade option, players who were excluded from buying any virtual goods due to missing payment methods or not wanting to spend real money, now have a chance, too, to acquire goods they like to have from the ingame Store.

 

 

Portal Tibia: The entering of Tibia on Steam is something very waited and speculated. The changes on payment system and products offered were idealized to suit their requirements? Do you consider that the new system and products are an effective way to attract and make new players loyal? Are there any plans to implement selloffs, so common on Steam, focused on Tibia products? Which difficulties are expected with Tibias arrival on Steam regarding to attract and retain new players?

Stephan Payer: Our payment system indeed facilitates being able to offer Tibia via Steam. Besides the payment system there are other critical tasks that will have to be completed, though, before an integration into Steam is possible (e.g. various adjustments to the client, which is a time-intensive, long term project). We hope that this will be a way for us to attract new players to Tibia. Currently there are no plans to change our sales channel via our website in any way.

 

 

Portal Tibia: Thank you for sharing with us some of your time! What can we expect of Tibia to 2016? Any message for the Brazilian players, especially those who follow Portal Tibia?

Stephan-Payer1.pngStephan Payer: Our internal planning for 2016 has not been completed, yet, so I cannot give you any details. Of course we will continue to work hard on improving Tibia and keeping it attractive for our players. We will do our best. As usual, information about new things and upcoming changes will be announced via the Tibia website, so make sure to check the news section there from time to time!

Thank you all for being there, have fun, and Hauopa! :-)

 


 

We hope you enjoyed the interview as much as we enjoyed making it !

  • Gostei 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Está se tornando cada vez mais difícil divulgar o Tibia e atrair novos jogadores, uma vez que, tanto o mercado de jogos na internet, como o das App Stores, tornaram-se muito amplos e grandes.

 

 

 

App Store? Vcs tem que se preocupar com a Steam, Origin, Nuuvem, Gog, Playstation, Xbox e claro tbm com a play store e app store o.o

 

 

Stephan Payer: Bem, a diversão de um jogo não é definida por gráficos opulentos ou mesmo efeitos sensacionais, mas sim pelo seu conteúdo e sua comunidade, os nossos jogadores gostam disso. Comparado à outros jogos baseados em assinaturas, o Tibia ainda possui preços razoáveis.

 

Precos Razoaveis? TA DE ZOEIRA NE?

 

 

 

 

E falou falou e falou e nao disse nada como sempre kkkkkkkkkkkkkkkk

 

 

  • Gostei 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma pena ele ter se afastado do jogo, e não poder falar muito sobre isso. Agora, com relação aos preços, realmente estão caros. Eu imaginava que os preços seriam altos mas eles fariam promoções like Steam direto, porém nunca vi fazerem.

 

Nesta entrevista eles deixaram escapar que a integração com o Steam ainda não está próxima. Isso me desanima. Steam está numa crescente e tem um publico bom para jogos indies/casuais, que não se importariam com os gráficos do Tibia ou sua jogabilidade. É um nicho interessante a explorar.

 

No mais, parabéns a quem entrevistou o Stephan, entrevista muito bem feita, perguntas inteligentes, o próprio entrevistado ficou impressionado com a pesquisa que o entrevistador fez. Quem foi o responsável? :biggrin:

Edited by Stormy
  • Gostei 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom, parece que o Tibia está ficando para trás, dizer que o preço está razoável e falar que está difícil conseguir novos usuários sem colocar o jogo em plataforma, é pedir pra sair.

  • Gostei 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

GOD do Tibia: Não joga Tibia mais

Preços razoáveis: NUNCA, o que salva é que da para comprar premium sem gastar dinheiro real

Combate aos botters: Bem estranho ele não dizer nem um "Vamos deletar todos os botters, não importa se eles gastam dinheiro com o jogo"

Cliente novo: Deu a entender que nem começaram

Boa compra: Não acho tão fácil assim, pedem CPF até para comprar com boleto

 

 

 

  • Gostei 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os preços estão muito salgados para o brasileiro. Precisavam melhorar isso.

Ele falou que a diversão é independente de gráficos e outros fatores, e realmente é, mas na minha opinião, Tibia precisa de um movimento suave no char que demonstre que ele está atacando.

 

Nessas entrevistas, sempre espero algo revelador, mas nunca dizem nada.

O cara criou o Tibia e não disse nada interessante em termos de mistérios que há no jogo.

Apesar de não haver nenhuma pergunta desse tipo para ele.

 

 

  • Gostei 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Combate aos botters: Bem estranho ele não dizer nem um "Vamos deletar todos os botters, não importa se eles gastam dinheiro com o jogo"

 

 

 

Bem isso mesmo, a frase mais neutra possível que ele podia dar, que não daria nenhum problema era dizer que eles querem combater os bots independentemente da PA que eles compram, mas vê-se que não é esse o objetivo.

  • Gostei 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Bem isso mesmo, a frase mais neutra possível que ele podia dar, que não daria nenhum problema era dizer que eles querem combater os bots independentemente da PA que eles compram, mas vê-se que não é esse o objetivo.

Sim, como ele tem uma visibilidade grande dentro da Cip, deveria deixar claro e dizer "As regras do jogo valem para todos, não importa se é premium ou free".

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parabéns pela equipe do portal tibia envolvida com a entrevista, assim como o Stephan fiquei bastante impressionado com as perguntas feitas, fizeram uma pesquisa e tanto em, parabéns!

  • Gostei 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Bem isso mesmo, a frase mais neutra possível que ele podia dar, que não daria nenhum problema era dizer que eles querem combater os bots independentemente da PA que eles compram, mas vê-se que não é esse o objetivo.

 

Em mundos optional pvp, diminuiu bastante os botters.

Lembro de chegar na cave de coryms e estar lotada de botter.

Wyrms emLiberty Bay também. Agora está bem mais tranquilo.

 

Não sem como estão as coisas em mundos Open. Que realmente, afetam demais a comunidade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hauopa @@Stormy e @@Fairy Fox

 

 

 

Agradeço em nome da equipe. Realmente temos sempre um cuidado especial com as entrevistas, desde a escolha do "provável" entrevistado ( provável pois a Cip ou o próprio entrevistado podem negar quando fazemos a solicitação) até a seleção das perguntas. Não é trabalho de uma pessoa mas sim de um time!

 

Sempre procuramos entrevistar membros que desempenham papeis importantes nos assuntos relacionados ao Tibia que sejam interessantes para o momento atual do jogo. E, sim, costumamos estudar os entrevistados, ver entrevistas e pareceres dados anteriormente em outro fansite ou evento. Fazemos isso tanto para fugir de perguntas que já foram feitas como para tentar preencher lacunas deixadas...

 

Bem, sabemos dos problemas que o Tibia tem com bots e DDoS então ao encontrarmos a divulgação da referida palestra justamente abordando a questão e, aparentemente (não conseguimos os anais completo da palestra), colocando a CipSoft como uma experiência positiva de combate a estas práticas (em 2012) sendo que em 2013 e esse ano sofremos muito com DDoS e bots são um problema constante... convenhamos não tinha como não perguntar não é mesmo kkkkkk

 

Uma pena é que, normalmente, os entrevistados não correspondam a altura ao nível da entrevista... isso nos frustra um pouco mas... nossa parte fazemos e realmente ficamos muito contentes quando a comunidade reconhece isso.

 

 

 

Mais uma vez, em nome da equipe do Portal Tibia, obrigada pelo reconhecimento.

 

 

 

 

  • Gostei 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como sempre disse, a cip SE estivesse preocupada com os bots ja teria deletado todos, porem ela nao quer, da lucro pra eles entao x) Fazer o que se a empresa nao ta nem ai, o que resta e ver o declinio cada vez mais, justo pois ela nao ta saindo do lugar COMODO que ela ta pra mexer os pauzinhos pra fazer e mudar algo entao que se foda mesmo x)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Realmente, entrevista foi mais voltada para a pessoa propriamente dita haha

 

Confesso que inicialmente esperava um pouco de comentários sobre o jogo em si (rpg), mas não me decepcionei por completo, pois a qualidade da entrevista foi boa e isso supriu essa frustração xD

  • Gostei 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Uma pena é que, normalmente, os entrevistados não correspondam a altura ao nível da entrevista... isso nos frustra um pouco mas... nossa parte fazemos e realmente ficamos muito contentes quando a comunidade reconhece isso.

 

 

Já faz 18 anos que eles adotam essa postura conservadora, antigamente eu até entendia, haja visto a jovialidade do comunidade mas, nos dias atuais não há mais crianças jogando Tibia e a comunidade, adulta e consciente que é, exige deles pelo menos um pouco de transparência. Acho que ninguém mais se contenta com meias palavras, ainda mais com o cenário desfavorável em que se encontra o jogo.

 

No mais, externo aqui meus sinceros parabéns ao Team PortalTibia.com.br pela qualidade da entrevista, só pelo nível da mesma, dá para ele perceber que não tratam-se mais de crianças jogando Tibia.

 

 

Edited by Leobahia
  • Gostei 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parabéns ao Portal, vocês são verdadeiros entusiastas desse Tibião. Aposto todas as fichas que aqui sabemos mais, compartilhamos mais, jogamos mais e conhecemos mais Tibia que esses caras aí, "gods" ou qualquer coisa que sejam. Aposto mais fichas que esse cidadão não sabe sequer entrar no jogo.

Não vou falar mais nada porque é coisa sigilosa, tem de ficar um mistério no ar, pra não ser divulgado, mas como seria feliz se a comunidade que tanto ama esse jogo pudesse administra-la e não um corpo de pessoas que transformam o jogo num simples ato de faturamento no final do mês.
"Caiu na conta?" Ok, o resto que se dane.

Edited by skilledfloyd
  • Gostei 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.