Herowath

Colaborador
  • Content Count

    15
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    3

Herowath last won the day on April 21

Herowath had the most liked content!

Community Reputation

16 Neutra

About Herowath

  • Rank
    Andarilho

Profile Information

  • Sexo:
    Feminino

Personagem

  • Char:
    Pucca Puff
  • Vocação:
    Druid
  • Mundo:
    Menera
  • Guilda:
    Devorin

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Herowath

    Entrevista com Xizyy - Boss Hunter/Staff TibiaBosses

    Ótima entrevista. O Xizzy é uma figura. Gente boa pra caramba. Muita coisa aí eu não sabia, mesmo convivendo diariamente.
  2. Herowath

    Novas Dolls

    Nunca vi muito sentido nesse evento, a não ser manter os demoniozinhos. Tomara que eles pensem em algo e mudem pra algo mais significativo
  3. Herowath

    artigo oficial Acidente

    Hauopa! O mês de maio começou e com ele mais um artigo oficial do mês. Hoje trazemos a continuação da história do nosso herói Tibicus. Beefo fez um pacto com o diabo e não percebeu o quão ignorante foi. Enquanto isso, Fridolin estava desaparecido. O que aconteceu com ele depois que os demônios chegaram em Venore? Siga os links abaixo para ler os episódios anteriores! 1.Chuva - 2.Resgaste - 3.Desespero - 4.Problema - 5. Rivalidade - 6. Entrega - 7. Calculo - 8. Reunião - 9. Conflagração - 10. Intuições A resposta fez seu sangue parar de correr em suas veias. Ele já havia sentido um presságio, mas ao ouvir Beefo dizer esse nome, fez disparar uma montanha de medo, desespero e raiva. Na verdade, ele conseguiu. Sua cobiça insaciável foi muito longe ao fazer um pacto profano com esse monstro. Aquele louco, cujas ações abomináveis e cruelmente nefastas fizeram vários Tibians sofrerem por décadas. “I-i-is-sso quer dizer que…” Tibicus gaguejou. “Significa que seu preciso chapéu retornou para seu dono original.” Beefo completou sua frase. A confirmação de um de seus medos mais profundos silenciou Tibicus. Normalmente, ele teria levantado sua espada alto no ar e acabado com essa escória em um único golpe. Ao invés disso, ele ficou lá, com o olhar distante nos restos carbonizados da cidade e no vazio dos pântanos venenosos. Seu olhar estava vazio. Vazio e inexpressivo. Impulsionado pela abstinência mental de Tibicus, Beefo começoua falar: “Sabe Tibicus… eu fiz tudo por esse momento. Ver esse seu sorriso arrogante e presunçoso se esvaindo e ver sua derrota absoluta são um enorme prazer… Seu bem mais precioso não está mais aqui. Para sempre. E eu sou aquele que o tirou de você. Você já era, Tibicus. Eu ganhei. É isso, admita!” Tibicus respirou fundo. “Você ganhou e mesmo assim perdeu tudo,” Tibicus suspirou. “Olhe em sua volta Beefo… olhe a consequência do seu jogo de poder patético! Estamos diante das cinzas dos seus capangas. Você quase foi ferido também. Chega a ser mais irônico que fomos nós que te salvamos das garras da morte. Que líder bom você é… Tenho certeza que aqueles que sobreviveram a esse massacre vão ser muito gratos a você quando eles se tocarem que foi você que os levou pro matadouro sabendo dos riscos. É você que já era, Beefo! Seu império agora virou um terreno baldio. Toda essa cidade não é nada mais que um cinzeiro agora. Mas claro, continue, seu ego deve estar mais que inflado agora, aproveite esse momento o quanto puder, você merece!” Ele olhou para seu adversário com desprezo, no qual só olhava para ele, sem palavras. “Você sabe… você sabe se Fridolin sobreviveu?” Tabea falou depois de um silêncio ensurdecedor. Beefo respirou e balançou a cabeça. “Sabe, você é uma garota muito especial. Depois de tudo que eu te disse sobre esse cara, você ainda se importa se ele sobreviveu? Você é realmente um caso perdido. No entanto, a última vez que eu vi seu garotinho, ele estava bem vivo. Mas vai saber o que aconteceu com ele nesse meio tempo. Talvez esse montinho de cinzas seja ele… Harharhar!” "O que você quer dizer?" perguntou Tabea furiosamente enquanto Emilio chutava Beefo no estômago pelo comentário desrespeitoso. "Nada, eu não tenho ideia de onde ele está." ele ofegou. "Quando eu entreguei o chapéu, dois desses demônios me bateram muito. Eles me abriram como um saco de papel, me deixaram aqui para morrer e levaram o chapéu com eles. Seus companheiros, no entanto, ficaram e fizeram o inferno na cidade. Eles mataram meus homens e devastaram a minha cidade, enquanto eu estava deitado aqui, tentando manter meus intestinos dentro de minha barriga. Fridolin, aquela pequena e esquisita escória deve ter usado o caos para se libertar de seus grilhões. Eu estava cercado por fogo e fumaça que limitavam minha visão. Eu só podia reconhecer sombras vagas enquanto o ar estava preenchido com os gritos de agonia dos meus homens misturados com o exultante rugido dos demônios. Tenho certeza, no entanto, que em todo o tumulto eu reconheci sua voz enquanto proclamava utito tempo san. Como eu disse, as chamas banhavam as ruas em uma luz bruxuleante, eu só podia ver os contornos maciços dessas criaturas recuando sob um mar de flechas chovendo sobre eles e fazendo-os cambalearem. Fridolin pode ser um traidor sangrento, mas esse cara sabe usar seu arco. Acredite em mim, foi um prazer ver aquelas pontas de flechas perfurando a pele coriácea dos demônios. " "O que aconteceu então?" "Eu já disse! Eu não tenho ideia! Tudo o que eu podia ver eram contornos vagos lutando entre as chamas ardentes. A julgar pelos gritos e uivos dos demônios, cada flecha encontrava seu alvo. Por causa da minha grande perda de sangue, minha visão estava escurecida e escurecia cada vez mais até que eu perdi a consciência. E a próxima coisa que eu me lembro é ter visto seu estúpido rosto, Tibicus." "Onde exatamente eles lutaram?" Tibicus perguntou, ignorando o insulto trivial. "Lá!" Beefo apontou o dedo para o norte. Tibicus e seus dois companheiros caminharam cuidadosamente até o local, sempre procurando pistas sobre o paradeiro de Fridolin. "Se bem me lembro, este deve ser o Magic Bazar, ou pelo menos o que restou dele." disse Emilio, enquanto eles estavam nas ruínas da Mystic Lane. Os restos soterrados de muros rebaixados estavam borrifados com manchas fumegantes cuja consistência gelatinosa lembrava lava derretida. "Isso é sangue de demônio." Tabea averiguou. "Este tem que ser o lugar, Beefo estava falando." Quanto mais eles entraram na ruína, mais sangue de demônio eles encontraram espalhados pelas paredes. Eles continuaram até chegarem ao centro da antiga loja de magia, onde encontraram três pontos que estavam apenas escassamente cobertos com flocos de cinzas. Em vez disso, numerosas fissuras eram visíveis no solo exposto. "Eu já vi isso antes..." Tibicus murmurou enquanto seguia as linhas finas com os dedos. "Demônios rompem a superfície com suas garras quando se levantam das profundezas. Ironicamente, apesar de todo o caos e destruição que eles normalmente trazem pela nossa terra, eles são meticulosos quando se referem a selagem desses abismos quando retornam a seus reinos flamejantes. Essas rachaduras aparecem apenas quando algo que não pertence ao abismo é levado para lá." "Você quer dizer que...?" Tabea hesitou. "Quero dizer que um ser humano foi levado para lá. Os tibianos não têm lugar no mundo dos demônios. Sua presença perturba o equilíbrio mágico, deixando essas finas rachaduras para trás." "Isso significa que Fridolin está..." Tabea ainda não se atreveu a dizer o óbvio. "...provavelmente no reino dos demônios." Tibicus completou sua sentença. "E-E-E agora? Como podemos tirá-lo de lá?" "Infelizmente há pouco que possa ser feito! Entrar no mundo dos demônios é impossível para seres mortais como nós". "M-mas deve haver algo que podemos fazer!" "Somente os demônios mais poderosos são capazes de atravessar essa barreira com um corpo estranho. Sinto muito Tabea, mas estamos com as mãos atadas." Em lágrimas, a jovem feiticeira desmoronou e caiu em prantos. Tibicus deu um passo atrás dela e colocou a mão no ombro dela. "Sinto muito, eu sei o quanto ele significava para você."
  4. Herowath

    [Artigo Oficial] - Snoopy, um fantasma?

    Que daora que ficou o video. Adorei.
  5. Herowath

    [Artigo Oficial] - Snoopy, um fantasma?

    Ficaria ótimo. É muito legal contar as estorias assim ^^
  6. Herowath

    [Artigo Oficial] - Snoopy, um fantasma?

    Obrigada Anturil. Tive uma grande ajuda nessa tradução, por isso ficou tão bom assim E aos poucos vou pegando jeito
  7. Hauopa! Você acha que trabalhar para o CGB é divertido? Pense de novo. Descubra o que Snoopy Moony experimentou quando se uniu a essa multidão. Na noite passada, Snoopy ouviu uma conversa entre seu vizinho e alguém que estava escondido nas sombras. Ela não escutou muita coisa, mas distinguiu as palavras CGB e Carlin. Pareceu suspeito. Ela ouviu sobre a brigada das garotas de Carlin, mas sem muito detalhe. Tudo sobre eles parecia sigiloso. Já que ela suspeitava que seu vizinho estava envolvido de alguma forma, e xereta como ela era, ela decidiu tentar saber mais... Ela acordou cedo na noite seguinte e foi ao porto. Seu destino era o gabinete do Sheriff. Ela achou que lá seria um bom lugar para começar sua investigação. Ela ficou surpresa quando encontrou uma mulher que se apresentou como Emma, chefe da CGB, lá. Ela falou abertamente sobre a organização. Snoopy ficou sabendo que lealdade absoluta e disposição para sacrificar a própria vida eram exigidos dos agentes de defesa de Carlin. Assim, sentindo cheiro de aventura e falando antes de pensar, Snoopy pediu para se alistar. Emma ficou descrente quanto a esse entusiasmo. No entanto ela lhe deu uma missão: Nossa relação com Thaís pode ser considerada tensa. Dessa forma, não é surpreso que os moradores de Thais financiam a academia de Edron, mas se recusem a dividir seus conhecimentos com nossos druidas. Mas não iremos aceitar isso tão facilmente. Com ajuda sagrada, nós descobrimos que o conhecimento que nossos druidas estão procurando pode ser encontrado em um certo livro. Sua tarefa será entrar na academia e roubar esse livro para nós. Primeira missão, primeiro conflito. Snoopy se perguntou se isso era coincidência ou um teste de lealdade. Roubando da academia ...? Ela não tinha certeza se poderia reconciliar isso com sua consciência. Ela amava aquele lugar. Por outro lado, os druidas de Carlin estavam enfrentando injustiças. Ela não se sentiu bem com isso também. Todos os druidas devem ser educados o máximo possível. Esse pensamento foi uma boa justificativa, então ela decidiu cumprir essa missão. Roubar o livro não seria difícil, ela imaginou. Ela era conhecida na academia e podia entrar sem levantar suspeitas. Ela também já tinha uma ideia sobre onde o livro poderia estar. Ela sabia de um livro que estava trancado. Ela havia perguntado uma vez à Spectulus sobre isso, mas ele respondeu dando razões falsas. Naquela época, ela não se importara o suficiente para perguntar mais nada. Agora ela sabia ... Ela entrou na biblioteca sem quaisquer incidências notáveis. Para sua surpresa, a porta que segurava o livro abriu-se com facilidade. Como se fosse para ser. Ela rapidamente guardou o livro no bolso e correu para Carlin para informar. Fácil como roubar doces de crianças! Emma parecia satisfeita e deu-lhe uma missão de acompanhamento. Ela disse para Snoopy que um druida que visitara o Green Claw Swamp havia notado uma presença maligna ali. Procurando pela fonte do mal, ele encontrou uma antiga ruína onde acabou sendo atacado por bonelords e seus lacaios mortos-vivos. Ele escapou, mas a evidência que ele tinha encontrado o fez concluir que os bonelords nas ruínas estavam levantando as árvores da morte. Árvores cheias de energia negativa que corrompem o ambiente. Após o retorno do druida, a adivinhação confirmou: Com a ajuda dessas árvores da morte, os bonelords estavam construindo um exército de mortos-vivos. Tornou-se a missão do Snoopy para arrancar o coração da árvore mestre. Em teoria, isso levaria a um definhamento de todas as árvores não naturais ali. Emma queria o coração como prova de sucesso. Snoopy engoliu à seco. Ela conhecia o pântano, a ruína e as criaturas do mal no subsolo. Ela já esteve lá antes, com um amigo mais velho. Ele até havia mostrado a ela onde estava a chave que usaria para entrar, mas lhe disse para nunca ir sozinha. Ela estava com medo, mas ela havia ficado muito mais forte do que era naquele tempo, então corajosamente aceitou o trabalho. Ela começou sua busca pela árvore mestre no pântano. Depois de horas de luta, ela se viu em um quarto estranho que ela não havia notado em sua visita anterior. A sala estava cheia de muitas criaturas. Bonelords, escorpiões e até mesmo um Black Knight estavam de repente atacando-a. Para sua própria surpresa, ela conduziu sua magia magistralmente. Olhando tudo em volta nesta sala, ela notou duas portas ao fundo. Uma estava selada, mas ela poderia abrir a outra. Atrás havia uma árvore morta. Por mais escondida que estivesse essa árvore, ela pensou que esta teria que ser a árvore mestra. Ela alcançou embaixo da casca e arrancou seu coração podre. Rapidamente, ela correu de volta para Carlin para encontrar Emma. A chefe do CGB sorriu quando Snoopy retornou. Sem muitos comentários, Emma entregou para Snoopy uma misteriosa caixa cheia de insetos de ferrugem. Deviam ser libertados no ferreiro da Ironhouse em Venore, de modo que arruinariam todo o metal, incluindo armas que representam uma ameaça para Carlin. Sem hesitar, Snoopy saiu e fez o que lhe foi dito. Ela começou a se sentir orgulhosa e confiante como agente do CGB, até mesmo poderosa. Ela mal podia esperar pela próxima designação. E ela não precisou esperar muito. Logo após seu retorno, ela aprendeu sobre os planos da cidade de Venore para construir um navio rápido e resistente que melhoraria seu domínio sobre o comércio marítimo. Isso obviamente não era do interesse de Carlin. A Snoopy não se importava com o comércio, mas com o novo emprego. Então ela aceitou sua missão para adquirir os planos. Supunha-se que eles estivessem escondidos no estaleiro veneziano ou no porto. Com facilidade, o Snoopy entregou-os ao CGB. Missão cumprida. Sua próxima tarefa a levaria para o sudoeste de Venore, para as ruínas de uma antiga catedral. Aquela catedral era um projeto que os thaianos haviam começado, mas nunca terminaram. Atividades suspeitas foram relatadas lá e ela foi enviada para verificar isso. No entanto, esta missão acabou por ser uma verdadeira bagunça. A catedral que ela esperava estar vazia estava cheia de guerreiros selvagens, contrabandistas e bandidos. Além disso, ela teve que se defender contra assassinos, esqueletos demoníacos e monges negros. Até mesmo múmias haviam habitado esse lugar, além de bruxas, caçadores, aprendizes negros e magos das trevas. Ela até viu um golem de pedra lá. Ela teve problemas para se manter viva e não pôde evitar se questionar se isso realmente valeu a pena. Cada vez que ela sentia que a morte a alcançava, lamentava estar a serviço de Carlin. Ela se lembrava bem de que havia concordado em arriscar sua vida. Isso a fez se sentir muito estúpida agora. Obviamente, ela não estava disposta a fazer isso. Se não fosse pela ajuda de alguns estranhos, ela não teria saído viva da catedral. É difícil acreditar depois desse caos e das próximas chamadas, mas ela dominou essa missão, apesar das dificuldades. Isso foi muito mais sorte que habilidade. Ela encontrou alguns documentos suspeitos na catedral e voltou com eles para Emma. Snoopy não estava mais se sentindo orgulhosa e confiante. Quando ela foi enviada em sua próxima missão, ela ainda estava debatendo consigo mesma como dar a notícia ao chefe da CGB que queria desistir. Ela não tinha certeza se os agentes realmente poderiam deixar de ser agentes. Além disso, ela não queria parecer uma covarde e tampouco queria desapontar Carlin. Então, ela simplesmente seguiu suas próximas ordens: Extrair um livro contendo antigas histórias familiares e árvores genealógicas de um túmulo nas criptas da Isle of the Kings. Depois de uma busca implacável, Snoopy finalmente conseguiu encontrar o livro. Quando ela entregou para Emma, ela se encontrou com uma nova missão antes que ela tivesse tempo de se opor. Além disso, ela também não teve coragem de objetar. Mais uma vez, ela estava se afastando do conflito. Desta vez, Snoopy foi ordenado a matar um anão louco que ameaçou destruir Carlin. Ele supostamente tinha um laboratório em Kazordoon perto do salão de technomancer. Snoopy voltaria para Emma com sua barba. Esta missão lembrou Snoopy da época em que ela teve que roubar a barba do imperador anão quando ela queria se tornar um bobo da corte. Seu nível de adrenalina provavelmente era tão alto naquela época, mas o trabalho foi muito emocionante! Isso incluía viajar no tempo. Trabalhar para o CGB, por outro lado, era apenas duro e sério. Ela se arrependeu da posição em que se colocara. No entanto, por mais confiável que fosse, partiu para essa missão. Pela primeira vez, ela não partiu para uma luta despreparada. A Dark Cathedral havia lhe ensinado bem. Antes de ir para Kazordoon, ela encheu seus suprimentos e também embalou toneladas de runas de Sudden Death, caso entrasse em modo de pânico. E realmente. Depois de lutar decentemente por um tempo, ela ficou impaciente e cansada e começou a disparar SDs em tudo que estava se movendo. Isso não era um modo de pânico, mas sim o modo berserk. Ela não queria estar ali. Ela acabou matando o Mad Technomancer enquanto ainda lutava com seus Dwarf Henchmen. Com essa raiva dentro dela, ela quase se esqueceu de tirar a barba quando o anão caiu. Ela se lembrou, um pouco antes de ficar fora de alcance. Na sua volta para Carlin, estava emocionalmente abalada e pronta para dizer para Emma que iria desistir. Emma, no entanto, com um sorriso em seu rosto entregou-lhe um lindo pacote com o selo do CGB, deixando Snoopy sem palavras. Ela desembrulhou, temendo que isso levasse a novas ordens. Seu queixo caiu enquanto ela segurava o Squeezing Gear of Girlpower em sua mão. Bacana! Sua primeira recompensa como agente. Quando Emma a chamou de agente principal da CGB, ela sentiu um pouco de orgulho novamente, mas calmamente decidiu evitar Emma e Carlin nas semanas seguintes. Ela não queria novas missões. Para seu gosto, ela havia arriscado sua vida o suficiente para a rainha. Hora de relaxar.
  8. Herowath

    Novas montarias.

    Que gracinha de montaria
  9. Otima entrevista. O Felipe é um figura
  10. Herowath

    Cipsoft - Ano de sucesso.

    Os resultados parecem muito bons. Espero que o Tibia seja uma grande fatia desses lucros ai.
  11. Herowath

    artigo oficial Na Cova dos Leões

    Esse lugar é maravilhoso Muito bom pra ir low lvl , quase não esta cheio.